domingo, 8 de janeiro de 2012

08/01/12 – Domingo – Epifania do Senhor



Reflexão Pessoal – 1ª. leitura – Isaías  60, 1-6 – “chegou Luz!”
O profeta nos acena com a chegada do Salvador que vem para tirar o mundo das trevas e as nuvens escuras do pecado. Esta é uma Palavra de esperança e de ânimo para todos os que ainda se encontram no anonimato, isolados da Luz redentora da glória do Senhor. Assim o profeta nos anima: “Levanta-te, acende as luzes… porque chegou a tua Luz!”  Precisamos perceber como estão as nossas lâmpadas; se estão apagadas ou enfraquecidas. Muitas vezes não conseguimos mostrar ao mundo a Luz de Deus  porque ainda não nos levantamos para acionar o interruptor. A Luz que acende as nossas “luzes”, isto é, nossas lâmpadas, é Jesus que veio como Luz para tirar o mundo das trevas do pecado e da ignorância. Enquanto continuarmos sem dar o passo que nos tirará da nossa acomodação, que gera escuridão  nós continuaremos sofrendo a angústia e o medo que são consequência das trevas que nos rodeiam. Precisamos nos apossar da Luz de Jesus para enxergar tudo de bom que Deus providencia e os milagres que acontecem ao nosso redor. Apossemo-nos, portanto das riquezas de além-mar que o Senhor já nos mostra com a Sua Luz.  - Você está na luz ou na escuridão? -  O que está faltando para que você se levante e deixe que Jesus acenda a sua lâmpada?



Salmo 71 – “As nações de toda a terra hão de adorar-vos, ó Senhor!”
Essa é uma afirmação que confirma que todos os habitantes da terra têm direito a salvação que Deus preparou para os homens. Jesus é o Rei que acolhe a todos os reis da terra, assim como todos os povos, o indigente, o pobre, o humilde, o rico. Todos têm o direito O adorar. De mar a mar estende-se o Seu domínio e não fica ninguém de fora.
  
2ª. Leitura – Efésios 3, 2-3.5-6 – “ a herança da salvação é para todos!”

São Paulo veio quebrar o paradigma de que somente tinham direito a salvação quem fosse judeu. Deus o escolheu e revelou os Seus mistérios, Seu projeto de amor para todos os homens. Portanto, nós também, nunca poderemos duvidar de que todos, independentemente da raça, religião, cor, nível social e intelectual somos povo que temos direito à Salvação de Jesus: “admitidos à mesma herança, membros do mesmo corpo e associados à mesma promessa em Jesus Cristo!” Receber, acatar, acolher ou não esse direito, é, porém, uma livre escolha de cada um. – Você tem o coração aberto para acolher a todos os que quiserem aproximar-se de Jesus Cristo com a sua ajuda? – Você tem algum preconceito com pessoas de outras religiões? – Você já imaginou que Deus precisa de você para que essas pessoas possam encontrar a verdadeira salvação?

Evangelho – Mateus 2, 1-12 – “ a oferta dos reis”.

Deus deu o seu primeiro sinal visível de que o Seu Plano se dirigia a toda a humanidade quando os Reis magos, guiados por uma estrela, foram em busca do lugar aonde poderiam adorar ao menino Jesus e a Ele oferecerem o que eles traziam em suas mãos. Simplesmente eles foram atraídos, saíram da sua terra e encontraram Jesus com a Sua Mãe Maria e O adoraram. Quando nós estamos atentos e abertos também a Estrela nos guia até Jesus  somos atraídos pela Sua Luz e O encontramos sempre com Maria. Maria é a Estrela que nos conduz até Jesus. Ela faz esse duplo papel: orienta-nos, nos mostra aonde Jesus se encontra e, ao mesmo tempo, nos recebe e nos acolhe aos pés de Jesus, como nossa intercessora. Os reis magos ofereceram a Jesus, ouro incenso e mirra.  Diante de Jesus, nós também podemos oferecer  o ouro que são os nossos bens, dons, talentos, o incenso, que é o nosso louvor e adoração, como também, a mirra, significando, a nossa luta do dia a dia, sofrimentos e dificuldades. Jesus acolhe com amor todas as nossas ofertas,  desde que as façamos de coração contrito. – Você tem percebido a presença da Estrela guia na sua vida? – Você já experimentou segui-La? – Aonde você tem ido buscar Jesus?  – O que você tem oferecido a Ele?   


Nenhum comentário:

Postar um comentário